Pier Giorgio Frassati – Brasil Site brasileiro em homenagem ao Beato Pier Giorgio Frassati

6ago/111

Pier Giorgio Frassati- verdadeiro filho de São Domingos.

Eduardo Henrique Da Silva*

 

Os primeiros discípulos de são Domingos apresentam –no como um “Homem Evangélico”,Pier Giorgio ao ser incorporado a Ordem dos Pregadores que procurou em tudo imitar a São Domingos na busca e no amor a Verdade que mereceu ser chamado “jovem das oito bem aventuranças”

 

A sua primeira adesão a regra de São Domingos foi em 1921,no dia 22 de abril,quando recebeu a medalha da Milícia Angélica em sinal da devoção ao santo.

Um ano mais tarde,será recebido na Ordem Terceira Dominicana ( hoje Fraternidade Leiga Dominicana)na qual assume o nome de Frei Jerônimo,em homenagem ao frade

Savonarola.Por que terá querido colocar –se sob  essa estranha proteção?

Um dos seus coirmãos na Ordem Terceira irá nos contar:”Pier Giorgio quis tomar o nome de Jerônimo em memória de Savonarola, pela qual tinha grande admiração.A fisionomia desse frade,que tanto desejara o bem espiritual dos seus concidadãos, inspirava-lhe profunda simpatia.Não ocultava sua admiração pela audácia e energia raras,com que fulminará a imoralidade que nessa época,invadia todas as classes sociais,principalmente as mais elevadas.Queria bem a esse frade que morreu em uma fogueira,ligou seu nome a uma reforma democrática e fez o povo proferir em altas vozes a proclamação que ainda hoje se lê nas paredes do Palazzo Vecchio: “Jesus Cristo,Rei dos Florentinos   por decreto do povo!”

É importante fazer notar que Pier Giorgio pertenceu a várias associações religiosas que foram preparando e amadurecendo a sua fé até chegar ao ápice da sua consagração como leigo dominicano. “Eles se caracterizam por uma espiritualidade própria e pelo engajamento ao serviço de Deus e do próximo na Igreja. Como membros da Ordem, eles participam de sua missão apostólica pela oração, pelo estudo e pela pregação, conforme sua condição de leigos”.

No dia 28 de maio de 1922 recebia o branco  escapulário de São Domingos que o padre Mario Desiderio assim relatara:” Fiquei impressionado pela compostura,seriedade e devoção deste jovem robusto ,elegantemente vestido,de belo aspecto,que tomou o nome de frei Jerônimo.Lembro a alegria ,o júbilo daquele jovem e o barulho que com os outros fizera: parecia que sacristia,igreja e convento caíssem por terra”

Quem presidia a função na igreja dos  dominicanos de Torino era o padre Benedetto Berro que fez iniciando com um sermão.estavam presentes  os padres Giuliani,Ibertis,os padres do convento e um grupo de noviços.Fazia-se presente  o Mestre Geral da Ordem,Padre Martinho Gilet vindo de Paris para algumas conferencias em francês.

Pier Giorgio se encontrava reluzente com os olhos cheio de alegria.Pier Giorgio sentiu-se desde aquele dia um religioso no mundo.” Para incorporar-se à Ordem, os membros das Fraternidades devem fazer um compromisso que consiste numa promessa formal de viver segundo o espírito de São Domingos e a forma de vida indicada pela Regra. Este compromisso pode ser temporário ou definitivo. Ele se fará por esta fórmula ou uma outra substancialmente semelhante:
"Em honra do Deus todo-poderoso, Pai, Filho e Espírito Santo, da bem aventurada Virgem Maria e de São Domingos, eu N. N. diante de vós N. N. Coordenador(a) da Fraternidade, e vós N. N., Assistente religioso(a), representando o Mestre da Ordem dos Frades Pregadores, prometo viver segundo a regra dos Leigos de São Domingos, durante três anos - durante toda a minha vida".(1)

Levando a serio a sua consagração e a busca pela “Verdade’.Era assíduo na reza do rosário e do ofício da Bem Aventurada Virgem Maria  próprio da Ordem Dominicana.Fazia sempre o uso do distintivo da Ordem.

“Durante sua curta vida como Dominicano, somente três anos, o bem-aventurado Frassati  foi um modelo como membro moderno do Laicato Dominicano. Sua vida foi um advento da Constituição Fundamental do presente Laicato Dominicano. O saber de uma pessoa chamada à santidade em virtude de seu Batismo e Crisma é um testemunho para a teologia do Laicato que encontramos nos ensinamentos do Concílio Vaticano II.”(2)

 

(1)(2) O projeto de São Domingos –Padre Alfonso D Amato,OP.

 

http://www.dominicanos.org.br/

* Leigo Dominicano

Comentários (1) Trackbacks (0)
  1. Interessante ver como a plenitude de uma vida e de uma vocação traz consigo a realização da vida de uma pessoa sensível e cheia de fé, aberta à graça. O Pier é um vivo exemplo disso, e o que mais impressiona é esse equilíbrio na sua vida, que fez dela um maravilhoso protótipo de santidade moderna, humana e próxima. Um testemunho que convence e persuade pela naturalidade de uma vida baseada num ideal cristão que plenifica a existência da pessoa. Neste caso, o facto de o Pier Giorgio ter vivido como um filho de São Domingos, é um aspecto que nos deixa ver como dentro da riqueza espiritual da Igreja, podemos encontrar meios idôneos que nos facilitam a experiência da graça salvadora de Jesus, que na vida deste admirável jovem, deu-se através da espiritualidade dominicana, que é sublime demais.


Leave a comment

*
= 5 + 6

Sem trackbacks

Copy Protected by Tech Tips's CopyProtect Wordpress Blogs.